Home | A Palavra “Maranata”   
 
A palavra “Maranata”

A palavra “Maranata” é composta de duas palavras aramaicas que significam “O Senhor vem” ou “Senhor, vem logo!”. No Novo Testamento, o apóstolo Paulo utiliza essa palavra em I Coríntios, 16:22. No desfecho do livro do Apocalipse, a mesma expressão é utilizada como uma oração ou pedido, desta feita na língua grega, e traduzida por: “Vem, Senhor”.
A palavra “Maranata” era também utilizada nos cultos para invocar a presença do Senhor na Ceia e expressar o desejo de seu retorno para estabelecer seu Reino. Equivale ao pedido feito pela Igreja na oração dominical: “Venha o teu Reino”. Com relação à volta do Senhor Jesus, “Maranatha” tinha um duplo sentido: era uma oração – “Vem, Senhor” – e uma expressão de fé – “O Senhor está voltando!”.
O uso da palavra nos tempos do Novo Testamento indicava a forte expectativa dos crentes de que o Senhor Jesus voltaria. Essa fé e a disposição de anunciar a volta do Senhor Jesus eram reforçadas pelo poder, pelos dons espirituais e por sinais que o Senhor operava em seu meio, demonstrado que ele estava vivo no meio do Seu povo!

Na época do Velho Testamento, o Rei viajava para fazer justiça. Um arauto ia adiante dele tocando a trombeta e advertindo o povo: “O Rei está vindo!”. Aqueles que esperavam por justiça desejavam a vinda do Rei. O povo da terra a ser visitada preparava-se para Sua chegada limpava e reparava os caminhos, demonstrando assim obediência e desejo de agradar ao Rei.

Da mesma forma, hoje a Igreja que vive em comunhão com o Senhor e experimenta as manifestações do seu poder com dons espirituais e sinais que confirmam a pregação da Palavra aguarda com ansiedade a volta gloriosa do Senhor Jesus para arrebatar a Igreja, não se cansando de proclamar que “O Senhor Jesus voltará” e de rogar: “Maranata! Vem, Senhor Jesus”.

 
"Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém; vem, Senhor Jesus. " (Ap. 22: 20)
Igreja Cristã Maranata